BEM VINDO AO BLOG!

'

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Homicídio 3


Madrasta mata a  enteada e é condenada a 43 anos de prisão

Mulher que matou filha do amante com um cadarço de sapato é condenada a 43 anos de prisão e ao pagamento de indenização a família pelos danos morais causados

Fonte | TJRJ - Sexta Feira, 23 de Março de 2012

O 4ª Tribunal do Júri da Comarca de Duque de Caxias condenou, no fim da noite de quinta-feira, dia 22, L.R.S., acusada de matar a menor L.A.O., filha do seu amante, a 43 anos de prisão em regime fechado. O júri foi presidido pelo juiz Paulo Rodolfo Maximiliano Gomes Tostes.

L.A.O. foi morta, em fevereiro de 2011, asfixiada com um cadarço de sapato e seu corpo foi encontrado em um hotel no centro de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. L.R.S. confessou o crime e disse que matou por vingança, pois R.S.O., pai da menina, queria terminar o relacionamento que mantinha com ela.

A acusada foi condenada também a pagar trezentos salários mínimos como reparação dos danos causados por ela aos familiares da criança.



Nenhum comentário:

Postar um comentário